O bem que me faz escrever

Olá,

Não digo que estou de volta, só posso dizer que voltarei sempre aqui porque é um hobbie que me faz bem, me faz feliz e me completa. A escrita não fez sempre parte dos meus rituais, em 2009 com a criação deste espaço passei a ter este “bichinho” comigo. Desde essa altura, escrever sobre os mais variados temas faz-me bem, ajuda o meu cérebro a se soltar, além de que reforça o meu lado profissional, em que escrever é tão importante.

O blogue tem andado bem parado, ando com dificuldade em situar o tema que quero falar sobre. Este blogue nasceu para falar das minhas inspirações para temas de casamento, mas rapidamente passei a falar sobre outros assuntos do meu interesse: beleza, moda, decoração e organização de casa, animais, viagens, e por fim, um tema que adoro mais e mais, a maternidade. Ser mãe muda a vida de qualquer mulher e deixá-nos com outros olhos, dá-nos outras prioridades além de nos colocar outras questões na cabeça. Desde que soube que estava grávida, fui bombardeada com ideias de perfeição: barriga perfeita, peso ideal, quarto do bebé ideal, as roupas e acessórios ideias, e mais um sem fim de ideias que fui colocando na minha cabeça. talvez por isso mesmo, cobrei muito a mim mesma, não deixei muitas vezes fluir, porque pensava demais. Aprendi. Aprendi muito e continuo aprender. O tempo tornou-se algo escasso para voltar a certas "rotinas" que até então existiam, como lá está, escrever no meu blogue. Mas também a vida muda, a nossa cabeça muda e de repente já não acho importante partilhar coisas e coisinhas, marcas e empresas que agora não fazem sentido. Tornei-me nos últimos tempos mais cuidadosa com as minhas compras, mais cuidadosa com as marcas, os locais de fabrico. Se isso vai mudar o mundo? Não, infelizmente não. Se esta moda das compras conscientes fosse viral, talvez ajudasse o mundo porque seríamos milhões, mas o que penso mesmo, é que o que faço, o que acho correcto para mim e para o "meu mundo" pode pelo menos mudar um pouco. Vou tentar partilhar coisas mais interessantes, não apenas para quem comercializa, mas também para quem consome. Eu já fazia isso mas ainda estava muito voltada para a "blogueirice", mas não estou mais. Não sou influencer, não sou digitalmente famosa nem procuro ser. Tenho os meus amigos e as pessoas que me seguem, e partilho como amiga e a tolinha que gosta de acompanhar as novidades.

Ah e já agora, não termino sem deixar uma dica que tenho feito muito: façam uma limpeza nas vossas ditas amizades e perfis que seguem, as redes sociais são cada vez mais "locais" que criam em nós estigmas e tristezas sem explicação, acompanhamos as vidas perfeitas de quem não trás nada para a nossa vida, parece que isso não afecta mas lá no fundo "vai semeando" aquela ideia de que não somos suficientemente boas, bonitas, felizes, não temos as férias perfeitas, as casas perfeitas, as famílias trendy, os amigos descolados e sarados, enfim, não somos demasiadamente bons! Acreditem que ajuda imenso. De repente abrirem o Instagram e verem pessoas "normais", com vidas normais é bem mais interessante.

Beijos 😘

Publicado por thefairystyle

Uma curiosa no geral, atenta e amante de ideias no particular. Adoro roupas, sapatos, cosméticos, viagens e malas, muitas malas :) para ter tudo bem junto de mim. A curious in general, and particularly attentive ideas lover. I love clothes, shoes, cosmetics, travel, etc.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: